terça-feira, 9 de novembro de 2010

MALDITO KARMA


Este é o título do livro que terminei de ler hoje. Aliás, levei apenas dois dias nele.

Aqui vai a sinopse exatamente como está no verso do livro:

Maldito Karma é um romance envolvente que narra as agruras de uma apresentadora de TV que, por ter acumulado mau karma em vida, um belo dia reencarna como uma formiga! Em meio a muitas gargalhadas, esta deliciosa narrativa nos leva a refletir sobre as escolhas que fazemos e o que realmente vale a pena na vida.

Pois bem, os elogios tecidos acima são verdadeiros, mas eu diria que não é apenas um romance, mas uma bela comédia romântica. Leve, tranquila, gostosa de ler e acima de tudo uma verdadeira lição de vida!

As coisas mudaram muito para mim nessas últimas semanas ou eu diria até nesses últimos meses. Foram mudanças boas e necessárias. Maldito Karma foi a gota d’água que faltava para eu admitir de uma vez por todas que eu realmente estava acumulando mau karma. Não é fácil dar o braço a torcer, passar por cima do orgulho (que no meu caso é gigantesco) e admitir que ainda tinha algo errado. Mas foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido!

Às vezes a gente sabe que tem algo fora do lugar, mas é difícil conseguir decifrar o quê exatamente. É necessário olhar pra dentro com toda a sinceridade e coragem do mundo, sem óculos escuros, aliás, com uma lupa pra vasculhar cada cantinho. Não é um exercício fácil, é doloroso, é triste, é revoltante. Afinal, podemos perceber que perdemos tempo demais alimentando coisas que jamais nos fariam bem.

Mas nenhum tempo é perdido quando nos damos conta dos aprendizados que tiramos daquela situação. Coisas para não se repetir nunca mais e, consequentemente, o despertar de uma vontade absurda de viver novas experiências, respirar novos ares, viver novos amores, arriscar no novo.

Bom, eu recomendo o livro a todos! Leiam, desfrutem, reflitam, pensem nas coisas que estão fazendo, como estão fazendo e, o mais importante, como estão vivendo, como estão desfrutando essa estadia maravilhosa aqui. Tenho certeza que depois dessa leitura, vocês pensarão mil vezes antes de ter uma atitude que possa acumular mau karma, afinal, não deve ser nada interessante reencarnar como uma formiga ou uma minhoca, né. Quem aí gostaria de morrer com um dilúvio provocado por um esguicho de água ou partido ao meio por um cortador de grama? Eu que não quero!


Trilha de hoje: Jorge e Mateus – CD “Ao Vivo Sem Cortes”.

Um comentário:

  1. Si... seus posts são fantásticos... Vou procurar o livro pra comprar, realmente deve ser bem legal... apesar de ter aqui "o caçador de pipas" que nem comecei a ler. Bom, sou seu fã e você sabe disso. Te adoro e muito, mas muito sucesso pra ti!!! bjs DANN

    ResponderExcluir