segunda-feira, 23 de setembro de 2013

FÉ!







“Só que você sai em desvantagem se você não tem fé, se você não tem fé...”

Às vezes, eu acho que a coisa mais importante desse mundo é a gente nunca perder a nossa essência e, às vezes, eu acho que a coisa mais importante em nossa vida é ter fé!

É difícil falar para alguém que já sofreu demais na vida ter fé, mas o que mais eu poderia dizer? Cada um dá aquilo que tem, cada um oferece aquilo que conseguiu conquistar pelo caminho que percorreu, cada um ensina aquilo que aprendeu na vida, cada um transmite aquilo que sente, que acredita, que acha que sabe... E eu, bem... eu tenho todas as razões do mundo para acreditar que tudo é um milagre, que cada dia é um verdadeiro presente de Deus, que tudo que acontece, bom ou ruim, é guiado por Deus e tem um propósito. Eu nunca poderia aconselhar alguém a desistir porque eu sempre lutei, mesmo estando errada, mesmo sofrendo, mesmo sabendo que poderia me magoar, eu sempre lutei pelas coisas que quis em minha vida. Eu sempre vou aconselhar as pessoas a ter fé, a acreditar, a não desistir porque eu nunca desisti de nada em que eu acreditei. 

Eu nunca desisti, eu entendi a hora de traçar novos caminhos. Quando me fecharam uma porta de trabalho, eu entendi que aquele lugar não era mais para mim e que haveria outro me esperando. Quando o professor na faculdade disse que não daria tempo de entregar o TCC se continuássemos naquele ritmo, eu entendi que deveria me dedicar mais porque eu era capaz de conseguir o 10 no final. Quando meus sentimentos não foram compreendidos, eu entendi que aquela história não era a minha e que tinha uma linda história e uma pessoa maravilhosa vindo em minha direção, com os mesmos planos, objetivos e vontades que eu. Quando o médico disse que minha mãe tinha um câncer, eu só consegui pensar que, independente de qualquer tratamento quem estava à frente de tudo era Deus e que Ele sabia exatamente o que fazer, portanto, por mais que aquela situação me assustasse, eu não tinha motivos nenhum para desistir.

Alguns amigos dizem que eu sou o tipo de pessoa que está sempre feliz, alegre, que sempre tem uma palavra de conforto, que sempre olha o lado bom das coisas... Eu fico feliz por transmitir esse sentimento às pessoas, mesmo sabendo que tenho um lado cheio de medos, de inseguranças, de incertezas, mas a verdade é que minha fé passa por cima de tudo isso, então, deve ser por essa razão que o meu lado “positive vibration” sempre fala mais alto. E eu gosto!!!

Trilha: Anjos – O Rappa

domingo, 1 de setembro de 2013

So, don't worry about a thing...






Adoro essa música do Bob Marley na voz do Gilberto Gil...

Outro dia, estava lendo alguns diários da época de adolescente e é incrível como a gente faz drama, como a gente acha que o mundo vai acabar com qualquer decepção, como a gente ama e odeia todo mundo de uma hora para outra e com a mesma intensidade. Mas também é incrível como a gente tem coragem de fazer algumas coisas absurdas quando se tem 15, 16, 17 anos. 

É engraçado perceber também como a gente muda em algumas coisas e como permanece exatamente igual em relação a outras. A vida tem surpresas que fazem nossos caminhos tomarem rumos jamais imaginados, mas, ao mesmo tempo, não temos noção do quanto as nossas escolhas nos conduzem para o abismo ou para o paraíso. É uma junção de destino com escolhas, os dois andam grudadinhos, e eles esperam ansiosamente que façamos de tudo para que esse casamento seja perfeito e eterno. Tem horas que deslizamos nas escolhas e o destino dá uma mãozinha, e tem horas que agimos perfeitamente, mas no momento errado e o destino acaba levando a culpa.

Aprender é uma das coisas mais importantes, mágicas e difíceis da vida. Aprender a ceder, aprender a respeitar, aprender a entender o ponto de vista alheio, aprender a compreender que nem sempre as pessoas enxergam as coisas da mesma forma que você... Às vezes, o que é ouro para uns, pode ser latão para outros, tudo depende do ponto de vista, tudo depende da experiência de vida, tudo depende da bagagem que cada um carrega dentro de si.

Mas se tem uma coisa que eu aprendi sempre é confiar em Deus e ter fé! Eu aprendi que nada, absolutamente nada neste mundo acontece se não for por um propósito. Eu aprendi que não importa o quanto você ache que ninguém se importa com você, Deus está sempre se importando contigo. Eu aprendi que não adianta você querer que alguém pense ou sinta como você se essa pessoa não tiver trilhado o mesmo caminho que você trilhou, ou se não tiver a capacidade de tentar entender a sua caminhada, ou simplesmente respeitá-la. Eu aprendi que tudo vale a pena quando é feito com pureza e com sentimento verdadeiro. Eu aprendi que, por mais que tenhamos defeitos dignos de serem eternamente escondidos, nós nunca devemos deixar de ser quem somos, pois quem nos amar vai nos aceitar exatamente assim e vai gostar de nós simplesmente por sermos como somos. E eu aprendi que não importa quantas lágrimas você derrame, há sempre chance de nascer um lindo sorriso depois de todas elas.

Cada dia que passa eu me convenço mais do quanto é complexo viver e conviver, porém, mais do que isso, eu também me convenço do quanto é maravilhoso e divino compartilhar essa dádiva da vida com outras pessoas, compartilhar nossos sentimentos, nossas alegrias, nossas experiências, nosso dia a dia, enfim, nossa passagem por esse mundo. Nada, absolutamente nada é mais perfeito e mais gratificante do que a VIDA! Portanto, não importa qual dificuldade cruzará o seu caminho, tenha certeza de que logo a frente haverá algo abençoado esperando por você!