terça-feira, 31 de agosto de 2010

Razão ou emoção?

Dúvida cruel, né? Seguir os impulsos do coração ou os conselhos sensatos da mente? Mas quem disse que a mente é sensata?

Pra mim, nem um, nem outro. Viver! Sem medo de errar, sem medo de tentar, sem medo de arriscar, sem medo de ser feliz, sem medo de viver! A caminhada sempre apresentará momentos difíceis, que nos causarão medo, insegurança, dúvidas, mas a verdade é que estamos aqui pra viver intensamente cada segundo que a vida nos proporciona. Simplesmente porque a vida é única, linda, maravilhosa, abençoada, frágil e muito para ser insignificante!

Sim! O coração tem mesmo razões que a própria razão desconhece. E quem quer conhecer as razões do coração quando tudo que ele nos traz é inesquecível e único? Isso é o mais importante! Essa é a essência da vida! Ser personagem principal da história, fazer acontecer, mudar, arriscar, agir, falar, expressar, amar, tentar, conseguir, comemorar, chorar, sorrir, aproveitar, sentir, beijar, gostar... Tantos verbos, tantos significados, emoções raras que ficam guardadas na nossa mente para sempre!

Temos razão em seguir a voz da nossa emoção e viver absolutamente tudo que chega até nós! Expressar tudo que sentimentos, todos os medos, todas as opiniões, todos os sentimentos, sem pensar no que vão pensar, sem pensar nos julgamentos, sem pensar nas consequências.

Vivemos sufocados por nossos medos, pela imagem que achamos que farão de nós diante de uma atitude “errada”. Mas o que é errado? Falar o que pensa? Viver o que sente? Se entregar ao momento? À emoção? Quem julga tudo isso errado nunca viveu de verdade!

Viva! Arrisque! Mude! Ame! Beije! Abrace! Chore! Fale! Grite! Não guarde nada pra você! Expresse tudo que sente! Siga a voz que vem de dentro do seu coração! Fale que ama, fale que odeia, fale que gosta, fale que não gosta, fale que está cansado, fale que vai esperar, fale que não aguenta mais esperar, fale que já esperou demais, fale que quer, fale que não quer! Faça o mundo te ouvir! Aprenda a lidar com a sombra dos sentimentos ruins, com a sombra dos medos e faça dela apenas um lembrete de que você é humano e tem todo o direito de sentir tudo isso, mas com a convicção de que esses não são os sentimentos que vão te dominar.

Se jogue no conselho sábio da nossa amável Clarice Lispector:

"Renda-se como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece, como eu mergulhei. Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa qualquer entendimento.”

Trilha de hoje: “Pra Você Guardei o Amor” – Nando Reis. Linda canção!

*Inspiração divina hoje, gente!...rs. Beijos.



sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Meninas



O que falar da amizade feminina, hein? Sou suspeita, né, gente! Amo ser mulher e amo minhas amigas, mas vamos lá, vou tentar ser o mais imparcial possível para não me rasgar de elogios a esse ser maravilhoso que Deus mandou para colorir a vida dos homens...rs!

Amigas! Bom, ao contrário dos amigos homens, as amigas mulheres não fáceis de serem feitas, afinal vocês sabem que mulher é o poço da inveja e do ciúme. É sempre uma querendo ser melhor do que a outra, fato! Mas isso vem de um poder gigantesco que temos dentro de nós e que nos diz que somos e podemos ser sempre melhores!

Logo, quando você conquista uma amizade feminina verdadeira é precisa agarrá-la com unhas e dentes, conservá-la da melhor maneira possível e nunca correr o risco de perdê-la!

Amiga de verdade é aquela de infância, que cresce com você (quando você cresce, o que não é o meu caso: 1,58 m), fica de mal e de bem de você umas 50 vezes na mesma semana na pré-escola, que gosta do mesmo menino que você no Ensino Fundamental, aí vocês têm que entrar num acordo pra ver quem tem mais possibilidade de ficar com ele para não saírem na porrada, que te ajuda a colar ou que passa cola pra você no Ensino Médio e que, depois de tudo isso, tem que se separar de você porque cada uma escolheu um curso diferente na faculdade. Aí, dói, e dói muito, porque você acha que a amizade não vai suportar a distância, as novas amigas, a nova vida da outra pessoa. Mas depois de muito tempo e de contatos bem esporádicos, essa sua amiga resolve casar e não se esquece de você! Aliás, ela até te chama pra organizar a despedida de solteira dela numa micareta, acredita? Nessa hora você vê o que é uma amizade verdadeira, dura anos, muitos anos, tipo uns 20 anos, por aí...rs.

Mas uma amizade feminina verdadeira também pode surgir nos muitos empregos pelos quais passamos. São nessas situações que surgem aquelas amigas que querem matar sua primeira chefe megera junto com você logo no seu primeiro emprego. Ou aquelas com as quais você se identifica até no tamanho, vocês são como “potinhos de ouro”: pequenas e valiosas. Essas amigas são aquelas que vão com você pra um barzinho tentar afogar as mágoas do pé na bunda que você levou e que te levanta da calçada quando você resolver abrir a boca a chorar sentada na esquina dizendo: “Deus não gosta de mim!”. Lamentável!

Amiga de verdade também é aquela que tem a personalidade oposta a sua, que nem de longe alguém diria que uma amizade entre vocês poderia vingar, que até o zodíaco afirma que os signos de vocês são como água e óleo, não se misturam! Mas aí, o sentimento de amizade fala mais alto, o carinho, o respeito, o amor passam por cima de tudo e provam que é possível sim essa amizade. Então surge aquela amiga que vai perder todos os fins de semana junto com você, durante 6 meses, em busca de um mesmo ideal: 10 no TCC! Mas além do 10 no TCC, vocês ganham uma a outra, ganham a confirmação de uma amizade que será eterna, aconteça o que acontecer! Essa é aquela amiga que você não tem mais tanto contato depois que termina a faculdade, mas que a distância só faz crescer o sentimento lindo que tem dentro de vocês!

Uma amizade verdadeira é também essa que acabou de interromper o desenvolvimento do meu texto com um e-mail perguntando se eu estou viva, só porque meu último e-mail (meia-hora atrás) não chegou pra ela! Essa é aquela amiga que surge assim, de repente, do nada, de um emprego temporário que não tem nada a ver com a sua profissão, mas que você aceita por acreditar que é capaz e que nada é por acaso. Essa é aquela amiga que, quando você bate o olho nela pela primeira vez, você acha que nunca vai gostar dela por ser muito metida, afinal, nós mulheres temos a terrível mania de tirar conclusões precipitadas. Porém, o tempo mostra que aí está uma amizade que vai mudar a vida de vocês duas! É essa amizade que vai te levar para as micaretas da vida, para os shows sertanejos, para as baladas, para as viagens que ficarão marcadas pra sempre! Mas não é só de farra que vive essa amizade, é do desejo incomum de estar feliz todos os dias, tendo a absoluta certeza que tudo de melhor está guardado para nós!

Bom, aí tem uma amizade que não é menos e nem mais valiosa que as outras, porém o fato de ser uma amizade improvável a faz muito especial. Eu estou falando daquela amiga que é 11 anos mais nova do que você, ou seja, probabilidade 0 de uma amizade entre vocês dar certo, afinal, quem quer carregar uma “aborrecente” atrás de si? Ninguém, né. Pois é, mas a vida nos prega peças, eu diria mais: Deus nos manda anjos! Essa é aquela amiga que estará na sua vida de qualquer jeito, afinal ela veio agregada à sua família...rs. Você vai ter que suportar, não tem jeito. Mas você suporta, e suporta com gosto, com carinho, com prazer e sabe por quê? Porque você ama, porque com o tempo e com a convivência você passa a ter a absoluta certeza de que vocês deveriam ser muito mais do que amigas, vocês deveriam ser irmãs, mas como ainda não foi o momento, vocês vieram pra essa vida como primas!

So girls! Acho que consegui dizer um pouco sobre a amizade feminina!

A trilha deste post é nada mais, nada menos que “Ego” – Beyoncé! Música de uma diva para o um texto que fala sobre divas!

AMO CADA PEDACINHO DA PERSONALIDADE E DA BELEZA DAS MINHAS AMIGAS! VOCÊS SÃO FODA!!!

Até a próxima, gente!


Meninos

Dizem por aí que amizade entre homem e mulher não existe, né? Bom, é fato que isso é algo bem difícil mesmo de acontecer. Mas não é impossível! Sem querer me achar, mas já me achando, até mesmo porque eu adoro me achar...rs...creio que todos os meus amigos homens já deram a entender que queriam algo além da amizade comigo! Porém, nessas horas a gente solta aquela frase bem clichê que deve matar eles: “Sabe, você é como se fosse um irmão pra mim, não consigo imaginar nós dois de outra forma”!...rs.

Gente, a verdade é que, mesmo sendo muito difícil, a amizade entre homem e mulher é saudável, divertida, sincera e enigmática! Eu sempre tive amigos homens e sempre achei o máximo tê-los. Afinal, é ótimo saber um pouco mais sobre o mundo masculino, não é mesmo?

Amigo homem é aquele capaz de ficar plantado feito bananeira em frente à casa do cara que você gosta, mas que não dá a mínima pra você, só pra “tentar” enquadrá-lo e dizer: “E aí, cara, qual é a tua? Você é cego ou burro?”. Tudo bem, eles não chegaram a fazer isso, mas ficaram lá esperando o mocinho sair! Ou aquele que, passe o tempo que passar, vai continuar te achando uma menininha, um cristalzinho frágil, mesmo sabendo que você “cresceu” e se tornou uma “grande” mulher. Esses são os amigos de infância e da adolescência!

Amigo homem é aquele que você conheceu na net, na época do AOL (América Online. Não existe mais, gente, tô ficando velha, eu sei), que você viu pessoalmente apenas uma vez na vida, mas que o contato é mantido até hoje, 6, 7 anos depois. Ele casou, teve filhos, você vê fotos, acompanha o crescimento do príncipe ou da princesa, tudo graças as redes sociais. Ou, de repente, ele não casou, não teve filhos, mas já passou por muitas outras coisas, fatos até simples como aprender a andar de bicicleta, que pra todo mundo é normal, mas que pra ele foi um desafio! O importante de tudo isso que é esses amigos estão presentes sempre, confirmando o fato de que não há distância física que destrua uma verdadeira amizade!

Amigo homem é aquele que você conhece na faculdade, que te acompanha nos 4, 5 anos do curso, te falando um moooonte de besteiras, insistindo pra ficar com você até conseguir, ou aquele que você passa esses 4 anos chamando de gay, viado, frouxo e mesmo assim ele te ama porque sabe que essa é a forma carinhosa de você dizer que gosta dele. Depois dos 4 anos eles podem até sumir, mas aquele período de convivência, de companheirismo, de bagunça vai ficar pra sempre marcado no coração de vocês!

Amigo homem é aquele que você conhece numa micareta, numa festa, numa balada e que acha que nem rola de surgir uma amizade ali, mas como ninguém aparece na nossa vida à toa ou por acaso, Deus dá um jeitinho de inserir essa pessoa na sua vida. Esse amigo pode ser aquele que vai te dar uma grande ideia que pode até mudar sua vida, como por exemplo: “Como é que você, sendo jornalista, ainda não tem um blog? Bora fazer já!”

Amigo homem é aquele que divide os momentos, os problemas da vida dele com você, que te vê como uma luz no caminho, como uma conselheira, que se sente à vontade pra dizer tudo que está sentindo. É aquele que passa as tardes trocando e-mails contigo dizendo como está sendo o dia dele e perguntando como está passando o seu dia! E assim o dia passa levemente para os dois.

Amigo homem pode ser aquele seu primo que você ama como irmão, que faz um monte de coisas erradas, que você tenta aconselhar, mas não adianta, afinal tem coisas que a gente só aprende sozinho. É aquele que você finge que não tá nem aí, mas que morre de ciúmes porque realmente o vê como um irmão e deseja que tudo de melhor aconteça com ele!

Amigo homem é aquele que sempre vai ter, mesmo que enrustida, uma segunda intenção com você, mas que vai deixar a amizade falar mais alto para não colocar em jogo um sentimento tão nobre e bonito, o sentimento de ser realmente AMIGO!

Não há diferenças sexuais, de pensamentos, crenças ou espirituais que possam impedir uma amizade verdadeira!

AMIGOS MEUS, ESTE TEXTO É PARA VOCÊS! HOMENS DA MINHA VIDA!!!

Trilha sonora: Listen To The Music – The Doobie Brothers



segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Devaneios – Um dia


Um dia ensolarado de primavera. A promessa de um dia divertido, inesquecível e “na faixa” pra melhorar. Uma estrada livre pela frente. Um desvio. Nos perdemos, e agora? Voltamos pra estrada. Adoro essa música! Aumenta o som pra me agradar! Uma parada? Um café? Não...olha o que achamos? Morangos! A gente adora morangos. Compramos, lavamos, fomos comendo! Na sua boca, você não pode pegar, dirige! Chegamos! Tá sol, tá quente! Deixa uma das blusas aí. Qual será o primeiro? Esse? Não, tá muito cheio, vamos procurar outro. Esse! Humm, vontade de um sorvete! Eu quero o Tablito! Amor, o Tablito é da Kibon, aqui só tem Nestlé. Mico! Risos! Me dá um Brigadeiro, então. Vamos fazer uma loucura? Você topa? Vamos voar? Vamos! Com você, eu topo! Você me dá coragem! Voamos, alto, muuuito alto. Sensação maravilhosa de liberdade. A nossa liberdade é o que nos prende! Vamos comer? Pizza? Pizza! Humm, olha aquele top Sunday que o garçom está levando pra outra mesa! Pensou o mesmo que eu? Pensei! Como sempre! Queremos! Depois da pizza? Depois! Uma trilha sonora? Stickwitu - Pussycat Dolls. Fotos, muitas fotos. Faz pose! Para de fazer careta! Minha máquina, seu cel! Não aguentamos a sobremesa! Muita pizza! Embora? Embora! Já? Fazer o que! Foi um dia lindo, né? Foi. Cansada! Tira o tênis, põe os pés sobre o banco, descansa, relaxa, pões os pés no painel do carro, relaxa. Vai curtindo a estrada, o fim de tarde ensolarado de um dia inesquecível de primavera.

Gente, de vez em quando teremos esses devaneios por aqui, tá. É bem típico de escorpianos viajarem nos momentos únicos que a vida proporciona!

Trilha deste primeiro devaneio: Put Your Records On - Corinne Bailey Rae. Amo!

Same place, same way and same feeling! Stronger!