quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

DESSA VEZ


O que dá nome ao título deste post é uma música do Nando Reis que diz assim:

É bom olhar pra trás e admirar a vida que soubemos fazer
É bom olhar pra frente, é bom nunca é igual
Olhar, beijar e ouvir, cantar um novo dia nascendo

É bom e é tão diferente

Eu não vou chorar, você não vai chorar
Você pode entender que eu não vou mais te ver
Por enquanto, sorria e saiba o que eu sei eu te amo


É bem propícia para o começo de um fim de ano. Para podermos olhar pra trás, não no intuito de se prender ao que já passou, afinal quem vive do passado é museu e o Vale a Pena Ver de Novo, mas com o objetivo de saber se estamos fazendo valer a pena cada dia de nossa existência.

Analisar o que fizemos e o que deixamos de fazer em mais um ano, pensar nas coisas que vamos deixar pra trás, nas pessoas que não farão mais parte de nossa vida seja por conta do destino ou por escolhas nossas, analisar as nossas escolhas, as certas e as erradas, pensar no que devemos melhorar, o que devemos mudar, se fizemos tudo que gostaríamos de ter feito, se deixamos a desejar para nós ou para os que amamos, enfim, fazer aquele famoso balanço de fim de ano. Porém, sem culpas ou cobranças, apenas de forma madura e sensata para fazer do próximo ano melhor ainda.

Olhar pra frente é muito bom também, mas sem tentar adivinhar o que vai acontecer, apenas acreditar que muitas coisas boas virão e que saberemos vivê-las da melhor maneira possível.

Imaginar todas as conquistas que alcançaremos, todas as viagens que faremos, todas as pessoas maravilhosas que conheceremos, todos os desafios que enfrentaremos, todas as noites frias com o cobertor de orelha que já temos ou que ainda teremos, todas as deliciosas tardes de verão na companhia dos amigos que poderemos curtir, toda a vida que ainda tem pela frente. Uma vida cheinha de surpresas, de sorrisos, de lágrimas, de aprendizado, de amor, de fé, de coisas novas que virão até nós a cada dia.

A gente precisa de tudo isso pra viver, pra evoluir, pra crescer, mas melhor do que olhar pra trás para fazer análises e olhar pra frente para esperar o que virá, é viver o HOJE, o AGORA, a dádiva divina que vem até nós em cada amanhecer. Viver intensamente, sem medo, mudando o que não nos agrada, sentindo o que nos faz bem, aproveitando cada segundo, afinal, nenhum dia é igual ao outro e cada um deles é especial e único, por isso chama-se PRESENTE.

Pra fechar esse post eu quero colocar aqui uma frase célebre do nosso querido Fernando Pessoa. Frase essa que vai para as pessoas que se arrependem de qualquer coisa. Eu sou do tipo que não me arrependo de nada, pois na maioria das vezes sei exatamente o que estou fazendo e me deixo guiar pelos sentimentos, afinal, eles são a forma que Deus tem de conversar conosco:

"Tudo vale a pena se a alma não é pequena"

Claro que a trilha tem que ser "Dessa Vez", de Nando Reis.

Não sei se ainda colocarei algum post este ano, mas caso não coloque, obrigada a todos que passaram por aqui! Espero ter contribuído de alguma forma na vida de vocês. Ahhh, mas ano que vem tem mais, muuuuito mais! ;-) Bjs.