terça-feira, 26 de outubro de 2010

A caixinha de cada um!


Tem uma frase que diz assim: "A vida é uma caixinha de surpresas". Eu nunca concordei tanto com essa afirmação quanto agora.

Sempre amei ser surpreendida, detesto rotina e coisas previsíveis. Tenho sido constantemente pega de surpresa de uns tempos pra cá. Confesso que nem todas as surpresas foram boas, afinal ninguém quer ficar desempregado, né...rs. Mas isso é sinônimo de algo novo, de portas que serão abertas e oportunidades melhores que virão, ou seja, mais surpresas pela frente.

Há um outra frase que diz assim: "Nada do que é humano me surpreende". Também gosto muito desse pensamento e acho que ele deveria ser colocado em prática por todos nós, assim evitaríamos nos decepcionar com as pessoas, já que podemos esperar tudo delas. Porém, o ser humano, em sua imensa complexidade, tem o dom de surpreender sempre. Às vezes sem querer, às vezes sem pensar e às vezes de propósito mesmo.


A verdade é que devemos nos deixar surpreender pela vida e não pelas pessoas. Afinal, cada pessoa presente em nossa vida faz parte das surpresas que ela guarda para nós.

A caixinha de surpresas da vida nos reserva coisas diferentes todos os dias. Se serão surpresas boas ou ruins só depende de nós e da forma que encaramos tudo isso.

Eu amo acordar todos os dias e imaginar qual é a surpresa que a vida preparou para mim. Isso é o que faz valer a pena estar aqui para enfrentar tudo que vier.

Hoje não tem trilha sonora, gente. Estou aqui no silêncio gostoso do meu quarto, jogadinha numa "caixa" de chocolates surpresa, afinal, não sei o sabor dos recheios, só estou provando e gostando!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

PEACE AND LOVE

“Paz e Amor”. Elementos essenciais para uma vida perfeita!

De repente me deu uma vontade absurda de escrever sobre “estar bem, sentir-se bem, envolver-se pela vibe da paz e do amor”. Ah, se soubéssemos valorizar mais esses sentimentos tudo seria melhor, menos complicado, menos doloroso, mais intenso, melhor!

Paz é algo que só encontramos dentro de nós e podemos espalhá-la para todo mundo. Amor é algo que floresce de um sorriso, de um olhar, de um carinho, de uma atitude, de uma palavra de conforto ou de ânimo. Os dois caminham juntos: a paz e o amor. Podemos viver com um ou com outro, mas é a junção dos dois que nos torna seres completos e felizes.

Ter paz no coração significa olhar a vida com lentes coloridas, com olhos de alegria, com leveza na alma. Sentir amor é viver intensamente cada segundo dessa vida e aproveitar o máximo das pessoas que amamos!

Viver é o melhor presente que Deus poderia ter dado para nós! Não poderia existir no mundo dádiva mais rica, mais pura, mais abençoada do que a vida!

Obstáculos? Problemas? Dificuldades? Essas coisas existem na vida de todos nós e sempre existirão. Senão, como iríamos aprender a dar valor às coisas boas se tudo viesse de bandeja?

A vida não é o que é! A vida é o que você faz dela! Se quiser, poderá fazer dela um drama e passar todo o tempo se lamentando. Se preferir, poderá fazer dela um terror e mergulhar numa atmosfera de medo, sem arriscar em nada. Você também pode fazer dela um romance e viver num mundo cor-de-rosa, mas vai perder as coisas boas que só a realidade nos tráz. Eu te aconselho a fazer dela uma comédia porque, além de viver todos esses outros gêneros, você poderá rir de tudo, aprender com as lições e ainda aproveitar a alegria de viver!

Deixe-se envolver pelos sentimentos de paz e de amor e você perceberá o quão importante é cada segundo que passamos aqui!

PEACE AND LOVE FOREVER!

Trilha: “Vamos Fugir” – Planta e Raiz.