quarta-feira, 2 de novembro de 2011

O SOM DO SILÊNCIO



Chega um momento na vida que aprendemos que determinadas coisas ou atitudes realmente não têm explicação e que se ficarmos insistindo nisso só continuaremos parados no tempo.

Chega um momento na vida que é preciso admitir que determinados sentimentos ou pessoas simplesmente não nos fazem bem.

Chega um momento na vida que é necessário reconhecer que perdemos tempo demais com coisas que já não importam ou que nunca importaram de verdade.

Chega um momento na vida que devemos decidir entre arriscar outro caminho e enfrentar coisas novas ou continuar no mesmo caminho e ter sempre as mesmas coisas.

Chega um momento na vida que é preciso compreender que não podemos exigir dos outros mais do que eles podem dar. E que não podemos dar aos outros o que ainda não estamos preparados.

Chega um momento na vida que o silêncio é que nos fala tudo aquilo que sempre quisemos ouvir!!!

É muito difícil dar a cara para bater, enfrentar nossos medos, receios, traumas, angústias, dizer tudo que pensamos e sentimos. Dá mais medo ainda do retorno, da reação que podemos causar quando decidimos "nos despir".

Mas a vida é isso, né. Que sentido teria estar aqui se não fosse simplesmente para VIVER! E viver é tudo isso, é sentir, é amar, é arriscar, é enfrentar, é falar! Isso é a vida!

Muitos de nós só existem, são meros figurantes da vida, chegam, ficam e se vão, mas não vivem.

Eu me arrependeria profundamente se chegasse à conclusão de que até hoje apenas existi. E, apesar de achar que fiquei algum tempo "parada no tempo", posso afirmar que vivi muito! Sempre disse o que penso e sinto, sempre fiz o que me deu vontade, sempre lutei por aquilo que achei que valia a pena, apesar de algumas vezes estar errada!

E isso é a vida, pelo menos é o que eu penso!

Muitas vezes é preciso sim levantar a cabeça, enxergar apenas nossas qualidades, reconhecer nossa importância e acreditar que temos o mesmo direito que os outros de ser feliz! É meio "conto de fadas" o que vou dizer, mas é real, de nada adianta querermos uma coisa se não acreditarmos que aquilo pode mesmo acontecer, que somos merecedores!

Outro clichê bem real: não se pode colher morangos se você plantar abacaxis! Cada um tem exatamente aquilo que merece. É a lei do retorno. Então, se algo aí dentro te garante que você merece coisas boas, espere por coisas boas, pense em coisas boas e as coisas boas acontecerão!

Porém, fique atento, porque às vezes as coisas boas podem estar ao seu lado, acontecer na sua frente, e você nem vai notar se não estiver aberto para elas. A vida dá sinais de várias maneiras e até mesmo o mais profundo dos silêncios pode ser o sinal mais alto de que você precisava para mudar sua vida!!!

Por hoje é só!

Trilha sonora: "Don't Cha", Pussycat Dolls. Sem culpa, sem encheção de saco, sem críticas, com razão e, o melhor de tudo, sem sentimento!!! Tks, God!

Um comentário:

  1. "Chega um momento na vida que devemos decidir entre arriscar outro caminho e enfrentar coisas novas ou continuar no mesmo caminho e ter sempre as mesmas coisas."

    Grande menina, disse tudo. Valeu!!!

    ResponderExcluir