quinta-feira, 10 de março de 2011

SURPRESA!!!


Para quem pensava que eu tinha abandonado meu filho, cá estou novamente, firme e forte!

Tenho certeza que algumas pessoas esperavam que eu fosse escrever antes e que seria um texto todo espalhafatoso, cheio de confetes e fogos de artifício! SURPRESA! Rsrs.

Bom, o post leva esse título porque eu quero falar um pouquinho dos acontecimentos da vida que nos surpreende, que nos causa esse sentimento de SURPRESA! Pode ser um acontecimento bom ou um não tão bom assim, pode ser uma surpresa que ganhamos ou que proporcionamos a alguém, pode ser uma surpresa que fazemos a nós mesmos. De qualquer forma ser surpreendido é algo, digamos, abençoado.

Afinal, quando a notícia é boa tudo vira alegria e felicidade, quando ela não é tão boa assim nos fortalece e ensina que devemos estar sempre preparados para as peças que a vida nos prega.

Agora, para mim, surpresa boa mesmo é aquela que fazemos a nós mesmos, ou seja, uma reação inesperada diante de um fato ou acontecimento, um sentimento que a gente achava que não existia e existe, ou que existe ainda, um sentimento que a gente jurava que ainda tinha e que na verdade já acabou, entre tantas outras formas de surpreender. Esse tipo de surpresa nos mostra o quanto somos complexos, únicos, especiais e como o nosso “EU” pode guardar tantas coisas boas que muitas vezes a gente nem sabia que existia.

A verdade é que ser surpreendido é sempre uma delícia! Eu agradeço a Deus por todas as surpresas proporcionadas a mim até hoje, todas mesmo, não recuso nenhuma, todas elas me alegraram e me ensinaram muito.

Sei que esse post será surpresa para muita gente que esperava outras coisas e sei também que ele vai cravar uma puguinha na orelha de tantas outras pessoas que vão ficar tentando decifrar o que eu realmente quero dizer. Bom, para todos vocês eu digo apenas uma coisa: deixem-se surpreender! É maravilhoso!

Bom, foi curtinho, mas espero que tenham gostado e eu prometo passar mais vezes por aqui.

A trilha de hoje é John Mayer com “Clarity”. Amo a voz desse cara, canta demais e uma das músicas dele é trilha sonora da minha vida: “Daughters”. Porém, não se apeguem à letra, não tem nada a ver, mas a melodia e o significado que representam para mim são únicos!