quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Loucuras


Depois de uma conversa por telefone com a minha amiga Allana, eu cheguei a conclusão que ninguém é normal nesse mundo!..rs.

Nada pessoal, amiga! É só uma alusão às nossas ideias! Rs.

Mas o que é ser normal? Bom, eu não sou a pessoa mais apropriada para responder isso, afinal sempre me achei meio destrambelhada, e tenho muito orgulho disso.

A loucura pode ser hereditária! Eu já pensei nisso. Na minha família só tem louco! Se você chegar na casa da minha avó num domingo, na hora do almoço, vai parar na porta, ficar olhando aquele bando de gente falando ao mesmo tempo e tentando se entender, e logo depois vai pedir socorro, tenho certeza!

Hoje eu tive a certeza que a loucura pode realmente ser de família. Afinal, o que faz meu primo querer produzir um vídeo “amor-comédia” para a menina que ele está apaixonado, depois de levar um tapão na cara da ex-namorada na faculdade, em frente a quase 200 pessoas, após ela ter visto ele de mão dada com essa menina? Loucura, só pode. E vocês não têm noção de como está ficando esse vídeo. Hilário!

Loucura pode ser algo transmissível também! Ou vocês acham que um ser normal ficaria feito louco acenando um lenço pra um “cantorzinho” ver a sua amiga do seu lado? Claro que não! Uma pessoa normal não se prestaria a esse papel. Fato! Mas quando a gente anda com pessoas doidas, as chances de fazer loucuras são muito grandes!

Fazer algo que metade do mundo julga errado pode ser loucura também, por exemplo, ajudar numa, digamos, fugidinha alheia!...rs....Ah, mas isso é a loucura do coração, dos sentimentos, da paixão, do amor, do tesão....e essa loucura, meu amigo, ninguém controla. Nem tenta porque é pior. Aproveite esta loucura, mas jamais perca o seu amor-próprio, pois é ele que poderá fazer essa loucura ser eterna!

Tem aquela loucura alcoólica, né. Coisas que fazemos só quando estamos um pouco “alegres”. Por exemplo, virar para o garçom do Outback, depois de muitos chopes, caipirinhas e frozens, e dizer: “Você também é Double?”....rs.... Quem frequenta o Outback vai saber bem o que estou falando! Essa é a loucura que você faz e em dois segundos diz: “Não acredito que eu disso isso”. Tá feito!

Bom, talvez, para algumas pessoas essas sejam loucuras leves, para outras sejam loucuras absurdas. Mas são apenas exemplos. E tudo vai do nível de maluquice da sua vida e da sua mente!

A verdade é que, como dizem por aí, de médico e de louco todo mundo tem um pouco! O que seria da vida sem essas doideiras que aprontamos? São delas que vamos lembrar e gargalhar no futuro, quando estivermos bem velhinhos, e é por causa delas que poderemos refletir e dizer: “Valeu a pena”.

É isso gente, me veio uma inspiração meio “louca” assim no meio do dia e eu resolvi escrever!

Trilha sonora: “Chora, Me Liga – João Bosco e Vinícius”. Acho que tem tudo a ver com as próximas loucuras da minha vida #manychances!

3 comentários:

  1. Si....

    Sempre desconfiei que sua família é realmente louca!!! rssss

    ResponderExcluir
  2. Amiga querida ...
    Ainda be que vc esclareceu , nada pessoal ...
    kkkkkkk
    Sabe ...eu constumo dizer que a loucura leva a genialidade...e isso pra mim , é a mais pura verdade ....
    Fico feliz em poder estar contigo em grande parte destas loucuras e esclarecendo d novo, não tenho nada a ver com isso ...exceto em uma ou outra expecífica ....pra bom entendedor , menos de meia palavra basta....neh ??
    Diria que temos mais uma trilha sonora...
    Bora se acabar , do nosso amigão Bruno Belutti !!!
    TE AMU VIU SUA LOUCA !!!!

    ResponderExcluir
  3. Simoneeeeeeeeeeeee....

    Loucura, loucura.. loucura! Acho que então, todos temos loucos na familia, no trabalho, amigos... enfim... adorei seu texto viu! Ah... e também te adoro. Uowwwwwww!®

    ResponderExcluir