quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Color inside of my world


Cinco segundos? Acho que nem isso, menos! E uma pergunta que não quer calar: Por que? É tão difícil assim ficar longe? Parece uma necessidade, uma vontade incontrolável, um medo de perder! Será que você ainda está aí? Será que ainda sente o mesmo? Será que ainda vai me tratar igual? Será que já te perdi? Será que ainda me ama? Essas são as perguntas que parecem ecoar na sua mente!

Estou tomada por uma vontade absurda de chorar! Não é de tristeza, não é de raiva, não é de alegria, não é de felicidade. É de uma emoção única e indescritível que me faz pensar que nada, absolutamente nada mudou pra “ninguém”. Pelo contrário, quanto mais o tempo passa e quanto mais distante as coisas parecem, mas forte ficam!

Sim, existem coisas assim, gente! Coisas inexplicáveis, pessoas incomparáveis e momentos inesquecíveis. Eu não sei se alguém já sentiu isso que está aqui dentro, não sei se tem nome, se tem definição, enfim, a única coisa que eu sei é que é muito bom sentir! Não é algo normal, comum, convencional, pelo contrário, foge a tudo isso! Mas é único, é bom, é divino, é a certeza de que um encontro não é só de corpos, de olhares, de toques, é de alma, de espírito!

Não foi feito para entender, foi feito apenas para sentir. E sentindo é possível amadurecer, aprender, aceitar, sorrir, chorar, confiar, evoluir, viver e, no momento certo, unir!

Porque os seus olhos ainda me dizem a mesma coisa que me disseram na primeira vez que encontraram os meus: É VOCÊ!

Porque quando uma simples presença tira tudo do lugar é sinal de que nada foi em vão e de que tudo valeu e ainda valerá a pena!

Porque não adianta tentar calar o corpo, a mente e nem o espírito quando o coração grita o sentimento com toda sua força!

Ser feliz é seguir em frente na nossa missão com o coração puro, em paz, cheio de amor para distribuir por onde passarmos, mas tendo a plena, absoluta e total certeza de que lá no “fim” Deus guarda pra ti o que Ele já te deu!

Trilha: Daughters – John Mayer. Dispensa comentários.



Um comentário:

  1. Nosssaa Si... Inspiradíssima hein... fantástico post. Adorei... Sucesso sempre viu! Bjs DANN

    ResponderExcluir